ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Piracicaba é o primeiro município a receber subsede do Sindicomunitário

Objetivo é se aproximar e atender a categoria em cerca de 110 municípios na região A nova subsede do Sindicomunitário em Piracicaba deverá atender cerca de 110 municípios de quatro regiões. ...

Ler notícia completa...

Parceira do Sindicomunitário, a SEDS é uma das secretarias mais atuantes na área social do Estado de São Paulo

Na próxima quarta-feira (17), será realizado o ciclo de capacitação ‘Migração e Refúigio’ O Sindicomunitário-SP, através de seu presidente José Roberto Prebill, tem tido uma participação bastante ...

Ler notícia completa...

Centrais sindicais voltam a criticar novo aumento de juros em frente ao BC

Praticamente todas as centrais sindicais se uniram para defender uma única causa em prol dos trabalhadores: não ao aumento dos juros. (Foto: Erick Vizoki)   As principais centrais sindicais do ...

Ler notícia completa...

DIGA NÃO AOS JUROS ALTOS! CHEGA DE ENGORDAR BANQUEIRO!

Todos à manifestação contra os juros altos no dia 19 de janeiro, na Av. Paulista, às 10 horas, em frente ao Banco Central    O vice-presidente nacional da CGTB e presidente da Fenaac e ...

Ler notícia completa...

A PARTIR DE MARÇO SINDICOMUNITÁRIO INICIA PROJETO PILOTO DE CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Iniciativa será destinada principalmente a associados, dependentes, imigrantes e refugiados  Roberto Prebill anuncia oficialmente a implantação do Programa Agente Imigrante e Projeto Social de ...

Ler notícia completa...

CGTB realiza seminário com sindicalistas e empresários

Encontro foi mais uma iniciativa da Coalizão Indústria-Trabalho 

Maria Lúcia Fatorelli, da Auditoria Cidadã da Dívida, esteve entre os expositores e falou sobre a “Corrupção e o Sistema da ...

Ler notícia completa...

Sindicomunitário-SP realiza reunião em Jd. Jordanópolis

O presidente José Roberto Prebill dá início à reunião na sede da Sociedade União do Jd. Presidente. (Foto: Divulgação/Sindicomunitário)

 

...

Ler notícia completa...


Parceiros

Parceiros Parceiros Parceiros Parceiros Parceiros Parceiros

 

 

SINDICATOS FILIADOS      

 

   

 

     

 

 

 

 

 

 

 

 

SINDICATOS   APOIADORES 

 

 

 

 

 

 

 

  

  

Hide Main content block

Destaques:

RESPOSTAS A ACUSAÇÕES INFUNDADAS CONTRA A ATUAL GESTÃO DO SINDICOMUNITÁRIO-SP

 

 

São Paulo, 24 de novembro de 2016.

 

Prezados Agentes!!

 

Informo que as mesmas pessoas que acusam a má gestão do SINDICOMUNITÁRIO-SP, ainda fazem parte desta diretoria, lembrando que temos um estatuto e plano de trabalho que determina a função de cada membro da diretoria, seu papel e suas responsabilidades. É muito prático jogar os erros ou falhas em uma única pessoa. Não devemos esquecer que fizemos muitas coisas em prol a categoria: Organizamos e ajudamos a criar e implantar no Estado de São Paulo. Fundamos, um dos primeiros sindicatos da categoria no Brasil, sempre estivemos na vanguarda com salários e benefícios maiores que outros Estados e principalmente no Município de São Paulo, participamos de todas as mobilizações nacionais em favor da categoria para sua melhoria e qualidade de vida.

Nestes 18 anos de lutas e conquistas, regulamentamos a contratação em vários Municípios do Estado de São Paulo, tais como: Praia Grande, São Vicente, Itanhaém, Diadema, Ribeirão Preto, Pirajú, Santa Cruz do Rio Pardo entre outros.

Participando de Fóruns Nacionais de Saúde do trabalhador e da trabalhadora no Ministério da Saúde, Conselho Nacional da Saúde.

Fórum de Centrais Sindicais em favor do trabalhador e da trabalhadora, Comissão Nacional de entidades que representam a categoria para o pleito do piso nacional que esta congelado a mais de dois anos, plano de cargos e carreiras, cursos técnicos de ACS/ACE, auxilio creche, cesta básica, licença maternidade por 6 meses, atestado médico para acompanhamento de filhos e de procedimentos entre outros.

Em resposta a acusações feitas nas redes sociais, à atual gestão.

Atenciosamente

 

José Roberto Prebill

Presidente do SINDICOMUNITÁRIO-SP/ FENAAC

Por Eli R. Oliveira

...............................................................................................................................................................................................

 

DIA NACIONAL DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

PARABENIZO TODA ESSA CATEGORIA GUERREIRA, QUE FAZ PARTE DA VIDA DE GRANDE PARTE DA POPULAÇÃO BRASILEIRA. O DIA 04 DE OUTUBRO É DE HOMENAGENS A TODOS AQUELES QUE ORGULHAM-SE DE FAZER O BEM, SEM SE IMPORTAREM COM PROBLEMAS MENORES, DANDO ÊNFASE NA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO Á SAÚDE.

 

JOSÉ ROBERTO PREBILL

PRESIDENTE.

 

Por Eli R. Oliveira

...........................................................................................................

 

PLC 210/2015 NECESSIDADES DE UMA CATEGORIA

 

A FENAAC – Federação dos Agentes Comunitários de Saúde Combate ás Endemias, Proteção Social, Promoção Ambiental e Acompanhantes Comunitários de Saúde do Brasil, se fez mais uma vez presente num importante passo e vitória da categoria. Dessa vez, dividimos os méritos com as Confederações, Federações, Associações, Sindicatos e Comissões presentes em Brasília, para acompanhar os procedimentos que levaram a aprovação do PLC 210/2015, que refere-se “Aos Benefícios Trabalhistas e Sociais” para a categoria”. (Ver carta enviada pelo Senado Federal, atendendo nossas solicitações.)

 

Figura 1(Carta Resposta, enviada pelo Senado Federal)

“Claro que estamos felizes por mais esse passo importantíssimo em prol de ganhos para a categoria, mas devemos nos manter com os pés no chão, e lembrarmos que já vivemos situações parecidas, quando brigávamos pelo nosso piso salarial, e os desdobramentos foram obtidos com muitas discussões e entraves entre nossa categoria, a Câmara e o Senado Federal, durante longos anos. Portanto, vamos sim comemorar mais essa vitória, mas, vamos também nos prepararmos para a outros longos debates e reviravoltas que certamente teremos pela frente, embates estes, provocados pelas forças ocultas de nossa política brasileira, que não veem dificuldades algumas, para aumentarem seus salários e benefícios, mas, travam verdadeiras batalhas, quando o assunto é em prol de trabalhadores de diversas categorias. Claro, lutaremos até o fim para que a sanção do PLC se dê por completo, trazendo definitivamente, um aspecto digno e merecedor para nossa Categoria”, finalizou José Roberto Prebill, Presidente da FENAAC e Sindicomunitário-SP.

Por Eli R. Oliveira

............................................................................................

SENADO FEDERAL APROVA BENEFÍCIOS TRABALHISTAS E SOCIAIS PARA A CATEGORIA

 

Parabéns Categoria!!!

Provamos mais uma vez a nossa força!

Mais uma vitória marcada pela insistência e superação!

Vejam na íntegra, a matéria da  aprovação do PLC 210/2015, pela agência Senado, disse José Roberto Prebill, Presidente da FENAAC.

"O Senado aprovou nesta segunda-feira (12) uma série de novos benefícios sociais e trabalhistas para os agentes comunitários de saúde. O projeto (PLC 210/2015), que segue para sanção presidencial, atualiza a legislação desses profissionais. Entre os benefícios aprovados, está a preferência no Minha Casa Minha Vida, o reconhecimento do tempo de serviço para aposentadoria, o adicional de insalubridade e o piso salarial.

No Senado, o projeto foi relatado pelos senadores Otto Alencar (PSD-BA), na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), e Flexa Ribeiro (PSDB-PA), na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Aprovado em julho na CAS, o projeto foi levado de imediato ao Plenário por um requerimento de urgência apresentado pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN). No entanto, não houve acordo na ocasião e o projeto só veio a ser votado agora.

— Os agentes têm um papel importante, que todos nós reconhecemos. O projeto é uma forma de valorizar os agentes de saúde e garantir os seus direitos — declarou Fátima Bezerra, informando que no país há mais de 250 mil agentes comunitários de saúde e mais de 60 mil agentes de combate às endemias.

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) destacou que o projeto prevê a possibilidade de qualificação para o agente de saúde e classificou a matéria como “importante” e como “uma sinalização positiva”. Os senadores Jorge Viana (PT-AC), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Waldemir Moka (PMDB-MS) e Humberto Costa (PT-PE) também o apoiaram. Já Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Lúcia Vânia (PSB-GO) lembraram que foi o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) quem criou o cargo de agente de saúde, quando era governador do Ceará (1987-1991).

Minha Casa

O líder do governo, senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), disse entender a preferência no Minha Casa, Minha Vida como “inadequada” e apresentou uma emenda supressiva para retirar esse item do projeto. O relator, senador Flexa Ribeiro, rejeitou a emenda, como forma de conseguir um acordo pela aprovação, para evitar que a matéria retornasse à Câmara dos Deputados. Flexa alertou, porém, para a possibilidade de veto a esse item por parte do governo.

Segundo o texto, do deputado André Moura (PSC-SE), os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias, bem como suas famílias, passam a figurar na lista de cidadãos com atendimento prioritário no programa Minha Casa, Minha Vida — serão equiparados, por exemplo, a famílias com portadores de deficiência e a famílias residentes em áreas de risco.

Outros benefícios

Os agentes também terão o seu tempo de serviço na função contabilizado para todos os fins previdenciários, tanto aposentadoria quanto benefícios. Pela legislação atual, esses profissionais são concursados e sua atividade segue o regime jurídico da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), mas ainda não há especificações quanto ao seu reconhecimento pela Previdência Social.

Outros benefícios incluídos pelo projeto são o direito a adicional de insalubridade, a inclusão em programas de escolaridade e profissionalização para os agentes sem ensino médio completo e a ajuda de custo para transporte quando participarem de cursos técnicos ou de capacitação profissional. Além disso, esses cursos ganham possibilidade de financiamento pelo Fundo Nacional de Saúde.

Os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias são cidadãos que atuam junto a suas comunidades auxiliando o trabalho de equipes médicas nas residências e fazendo a intermediação entre essas equipes e os moradores. Eles não precisam de formação específica na área, sendo necessário apenas que morem na comunidade atendida, passem por curso de formação e tenham ensino fundamental completo. O piso salarial da profissão é de R$ 1.014,00 mensais."

Por Eli R. Oliveira

(Créditos de reportagens e foto -Agência Senado)

.........................................................................................................................................................

Piracicaba é o primeiro município a receber subsede do

Objetivo é se aproximar e atender a categoria em cerca de 110 municípios na região A nova subsede do Sindicomunitário em Piracicaba deverá atender cerca de 110 municípios de quatro regiões. (Foto: Erick Vizoki/Montagem sobre foto) Desde o dia 1º de fevereiro está funcionando, no centro de Piracicaba, a subsede regional 4, ou SIND 4, do Sindicomunitário. Essa é mais uma grande conquista para a nossa categoria e deve atender os companheiros de cerca de 110 cidades da região. A área de abrangência do SIND IV comporta, atualmente, 4550 ACS’s e 515 ACE’s, segundo o CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde), distribuídos em outras três regiões: Campinas, Sorocaba e São João da Boa Vista. Com as graves epidemias de dengue, chikungunya e zika vírus que assolam todo o Brasil e até mesmo em outros países, precisamos estar muitos atentos e preparados. Por isso, a direção do

Parceira do Sindicomunitário, a SEDS é uma das secretarias mais

Na próxima quarta-feira (17), será realizado o ciclo de capacitação ‘Migração e Refúigio’ O Sindicomunitário-SP, através de seu presidente José Roberto Prebill, tem tido uma participação bastante produtiva junto ao Governo do Estado de São Paulo. Essa parceria foi consolidada em outubro/2013, quando o companheiro Roberto Prebill foi indicado para compor a Comissão Estadual do Emprego e Trabalho Decente. A partir de então, diversos projetos e programas surgiram, e o Sindicomunitário tem marcado presença sempre que convocado. Recentemente, nosso sindicato também está tendo forte atuação na área social e tem contado com grande apoio, entre outras, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (SEDS). Nossa categoria já realiza, naturalmente, um intenso trabalho social, principalmente nas comunidades menos assistidas através dos ACS, ACE, APAs e acompanhantes comunitários. Mas agora

Centrais sindicais voltam a criticar novo aumento de juros em frente

Praticamente todas as centrais sindicais se uniram para defender uma única causa em prol dos trabalhadores: não ao aumento dos juros. (Foto: Erick Vizoki)   As principais centrais sindicais do Brasil (NCST, UGT, CGTB, CSB, Força Sindical, CUT, entre outras) voltaram a protestar, no último dia 19/01, em frente à sede do Banco Central (BC), na Av. Paulista, contra o novo aumento da taxa básica de juros (Selic). Integrantes do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central realizaram sua primeira reunião do ano, naquele mesmo dia, em Brasília, para discutir o aumento em mais 0,5% na taxa Selic, o que eleva o tributo para 14,75% ao ano. Atualmente, a taxa está em 14,25%. A estimativa mediana é que, até o fim de 2016, a taxa Selic atinja o patamar de 15,25% ao ano. A decisão sobre a nova taxa ficou de ser anunciada no dia seguinte (20/01). Além disso, as instituições financeiras

DIGA NÃO AOS JUROS ALTOS! CHEGA DE ENGORDAR BANQUEIRO!

Todos à manifestação contra os juros altos no dia 19 de janeiro, na Av. Paulista, às 10 horas, em frente ao Banco Central    O vice-presidente nacional da CGTB e presidente da Fenaac e Sindicomunitário, José Roberto Prebill, participa, ao lado de diversas outras lideranças sindicais, de protesto contra o aumento dos juros em frente ao Banco Central na Av. Paulista, em 28 de julho do ano passado. (Foto: Erick Vizoki)   O ano de 2016 começa igual ao ano que findou, com números que apontam um verdadeiro desastre econômico e social no país e com o governo anunciando ainda mais elevação dos juros e ameaça aos direitos dos trabalhadores, como a instituição de idade mínima para a aposentadoria, o que prejudicaria os que começam a trabalhar mais cedo, ou seja, a camada mais humilde da população. Em nome de um chamado “ajuste fiscal”, feito exatamente para favorecer os bancos, o governo

A PARTIR DE MARÇO SINDICOMUNITÁRIO INICIA PROJETO PILOTO DE CURSOS DE

Iniciativa será destinada principalmente a associados, dependentes, imigrantes e refugiados  Roberto Prebill anuncia oficialmente a implantação do Programa Agente Imigrante e Projeto Social de Orientação ao Imigrante e Refugiado – PSOIR na abertura do IV Seminário Internacional de Boas Práticas em Saúde do Adolescente para as Américas - “Ações Positivas para 2016”, no Centro de Convenções Rebouças. (Crédito: ASCOM/Sindicomunitário)   Desde o segundo semestre de 2015 o Sindicomunitário-SP vem desenvolvendo programas e projetos para ajudar a acolher da melhor maneira possível imigrantes e refugiados que procuram a capital paulista em busca de uma vida melhor. Eles são oriundos de diversos países que vivem graves crises, sejam de ordem econômica ou política. Alguns fogem de sua terra natal por causa de guerras e ditaduras, como é o caso, principalmente, dos sírios. Outros tentam

Visitantes On-Line

Temos 8 visitantes e Nenhum membro online

Atendimento: (11) 2153-4026- contato@fenaac.org.br
Av. Prestes Maia, 241 - 43º andar - Conj. 4301 - 
Vale do Anhangabaú - São Paulo - SP - CEP 01031-001

       

Style Setting

Fonts

Layouts( inner pages )

Direction

Template Widths

px  %

px  %